Santos vence Coritiba, sobe na tabela e deixa o adversário na lanterna


Santos e Coritiba se enfrentaram na noite deste sábado, na Vila Belmiro. O Santos queria se distanciar ainda mais da zona do rebaixamento e o Coxa sair da lanterna do Brasileirão. Mas o que a equipe paranaense demonstrou foi novamente um fraco futebol, faltando qualidade técnica. Jogando de forma inteligente e aproveitando as chances, o Santos fez 3 a 0 e venceu com tranquilidade.

O primeiro tempo até começou com certo equilíbrio, bastante pegado e com muitas faltas. Mas isso logo acabou e o Santos tomou conta do jogo, fazendo 2 a 0 nos primeiros 45 minutos e sabendo jogar com a vantagem, não dando chances para o Coritiba, que nada produzia.

Aos 17 minutos, após boa troca de passes, o Santos chegou com muito perigo, quando Ricardo Oliveira escorou para Gabriel, livre, na pequena área, mas o atacante acertou o travessão. Não demorou muito para sair o gol do Peixe, Aos 19 minutos, Geuvânio recebeu o passe na ponta da grande área, cortou o marcador, ajeitou a bola para a perna esquerda e chutou forte, rasteiro, sem chances para Wilson. O gol foi reflexo da superioridade do Santos diante o Coritiba, que pouco atacava.

O tempo passava, mas o panorama não mudava. O Santos dominava as ações, atacava quando queria ou se preferisse, tocava a bola na defesa, enquanto o Coritiba não assustava e demonstrava, mais uma vez, um fraco futebol. Mesmo melhor no jogo, o Santos não levava tanto perigo, jogava com inteligência e esperava boas oportunidades. Aos 43 minutos, veio a prova de que a fase alviverde é realmente ruim. Lucas Lima invadiu a área e cruzou rasteiro, Ivan tentou antecipar o atacante, mas mandou para o próprio gol.

No segundo tempo o começo do Coritiba chegou até a animar o torcedor. Aos 10 minutos, uma chance de cabeça, que Vanderlei defendeu. No escanteio, Ruy quase fez gol olímpico, obrigando o arqueiro santista a agir novamente.

Mas a empolgação do Coxa logo foi por água abaixo. Aos 14 minutos, Ricardo Oliveira fez o terceiro para o Peixe. Geuvânio prendeu a bola, ciscou na frente do zagueiro e achou o camisa 9 na pequena área para empurrar para as redes.

Com os 3 a 0 no placar, o Santos administrava o jogo e o Coritiba esbarrava na falta de qualidade técnica. O time paranaense até tinha a posse de bola no ataque, mas não conseguia resultar em chances de gol. Dessa forma o Santos foi levando o jogo, mas antes do apito final, o Coritiba teve sua melhor chance no jogo, quando Rafhael Lucas recebeu na área, de frente para o gol, mas mandou pra fora.

Ficha Técnica Santos 3 x 0 Coritiba

Santos: Vanderlei, Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia (Elano), Renato (Paulo Ricardo) e Lucas Lima; Geuvânio (Neto Berola). Gabriel e Ricardo Oliveira. Téc.: Dorival Júnior.

Coritiba: Wilson, Ivan (Juan), Leandro Silva, Rafael Marques e Juninho; João Paulo, Alan Santos (Thiago Galhardo) e Ruy; Evandro, Rafhael Lucas e Henrique (Fabrício Baiano). Téc.: Ney Franco.


Gols: Geuvânio (19’), Ivan (GC; 43’) e Ricardo Oliveira (59’).
Local: Vila Belmiro, Santos-SP.
Horário: 21h.
Árbitro: Igor Junio Benevenutto (MG).
Assistentes: Klever Lucio Gil (FIFA-SC) e Carlos Berkembrock (SC)


Por Vinicius Martins de Carvalho
(Foto: RDG Esportes)
Share on Google Plus

About RÁDIO RDG ESPORTES

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.